Oferta pública secundária, é uma operação que ocorre no mercado secundário diretamente entre investidores, ou seja, os recursos da venda das ações ou cotas de fundos de investimento, não passam pelo caixa da companhia e não há emissão de ativos.

É uma operação bem distinta da Oferta Pública Primária de IPO, em que a empresa abre seu capital e faz sua primeira oferta pública.

Quando a oferta primária se dá depois do IPO, onde uma companhia já tem capital aberto e faz nova oferta de títulos, a mesma é chamada de follow on. Vale ressaltar que, no follow on, a oferta não precisa ser pública e pode ser restrita a um determinado grupo de investidores. É quando apenas os próprio acionistas da organização ou investidores profissionais  podem participar da oferta.

No Brasil, quem regulamenta esses procedimentos é a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), com o intuito de garantir a igualdade de condições entre os participantes assim como a divulgação detalhada de todas as informações necessárias aos investidores.

Por fim, vale ressaltar que tanto as ofertas públicas primárias quanto secundárias devem ser realizadas através da intermediação de instituições financeiras integrantes do sistema de distribuição de valores mobiliários como bancos de investimento e corretoras de valores mobiliários.

Na prática, normalmente é feito um consórcio de bancos que são liderados por uma instituição líder escolhida pela empresa que fará a oferta. O objetivo desse modelo é garantir tanto a assinatura da emissão quanto a melhor distribuição dos títulos no mercado.

À instituição líder fica a responsabilidade da divulgação das devidas informações referentes à oferta, conforme regulamentação da CVM.

 

Dica da Akeloo: Muitas vezes o cálculo e apuração dos resultados para o Imposto de Renda pode se tornar uma tarefa complexa e trabalhosa. Para ajudar nesse processo, a Akeloo oferece uma Calculadora de Imposto de Renda para investimentos de renda variável, que calcula de forma automatizada todos os valores que precisam ser preenchidos na declaração anual, além de calcular e gerar os DARF’s que precisam ser pagos. Clique aqui e saiba mais.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.