Impairment é um termo em Inglês que em tradução livre para o Português quer dizer “deterioração”.

Trata-se de uma verificação, normalmente anual, que a companhia realiza para verificar os efeitos do tempo sobre seus ativos, especialmente, os físicos e imobilizados.

Sua realização é necessária para a correta avaliação contábil da empresa pois, os valores ajustados conforme a desvalorização dos ativos repercutem no fechamento de demonstrativos financeiros como o Balanço Patrimonial.

Por ser um teste que mede a desvalorização dos ativos, o teste de impairment também funciona como medida de avaliação de resultados das empresas, visto que, se a depreciação medida for maior que os resultados operacionais, significa que a empresa não está sendo lucrativa.

Apesar de não haver um prazo determinado para a realização do teste, há a obrigatoriedade que ele seja realizado periodicamente e que obedeça às Normas Brasileiras de Contabilidade (CPC 01). Sua realização é mais exigida em empresas de grande porte (faturamento anual superior a R$ 300 milhões / valor dos ativos totais maior que R$ 240 milhões) assim como obrigatoriamente em companhias em processo de liquidação.

Quanto à sua metodologia, as práticas mais comuns na aplicação de um teste de impairment são:

  • Valor em uso: mais utilizado para bens intangíveis que têm a precificação dificultada pela subjetividade. Normalmente, aplica-se o método do Fluxo de Caixa Descontado, sugerindo um fluxo de caixa com entradas e saídas para o ativo em questão. Com base nisso, chega-se a um valor corrente para o bem.
  • Valor justo líquido de despesa de venda: aqui parte-se do valor de de mercado do ativo e desconta-se todos os custos pertinentes à sua venda (comissões, transporte, etc) para determinar qual seria o lucro obtido com a comercialização.

Existem ainda outras metodologias e cabe a cada empresa decidir qual o mais adequado a seu caso específico.

 

 

Dica da Akeloo: Muitas vezes o cálculo e apuração dos resultados para o Imposto de Renda pode se tornar uma tarefa complexa e trabalhosa. Para ajudar nesse processo, a Akeloo oferece uma Calculadora de Imposto de Renda para investimentos de renda variável, que calcula de forma automatizada todos os valores que precisam ser preenchidos na declaração anual, além de calcular e gerar os DARF’s que precisam ser pagos. Clique aqui e saiba mais.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.