O termo inglês Hot Money, em tradução livre, “dinheiro quente”, refere-se ao capital que se move rapidamente no mercado financeiro.

Também chamamos de Hot Money os países ou negócios que se destacam no mercado e alcançam grande atração de capital.

Geralmente, os investidores buscam produtos financeiros de boa margem de segurança, bons rendimentos e alta liquidez. Havendo a intersecção desses atributos, ocorre então naturalmente um grande fluxo de capitais para aquela opção de investimento / país.

Para se tornarem Hot Money, normalmente os países elevam as taxas de juros de seus títulos públicos (no Brasil, Tesouro Direto) e/ou reduzem as taxas e impostos sobre capital externo.

Nessa dinâmica monetária, o fluxo de capital acaba gerando valorização ou desvalorização das moedas. Quanto mais investimentos externos um país recebe, a tendência é de sua moeda valorizar e vice-versa.

Por outro lado, tendo sua moeda valorizada, os produtos importados se tornam mais acessíveis e isso pode acabar impactando a produção interna e afetar negativamente a economia local.

Vários são os aspectos a serem levados em conta na decisão de um país se tornar um Hot Money e em qual medida.

 

Dica da Akeloo: Muitas vezes o cálculo e apuração dos resultados para o Imposto de Renda pode se tornar uma tarefa complexa e trabalhosa. Para ajudar nesse processo, a Akeloo oferece uma Calculadora de Imposto de Renda para investimentos de renda variável, que calcula de forma automatizada todos os valores que precisam ser preenchidos na declaração anual, além de calcular e gerar os DARF’s que precisam ser pagos. Clique aqui e saiba mais.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.