Soluções de segunda camada são um conjunto de soluções construídas em cima de uma blockchain pública para estender sua escalabilidade e eficiência, especialmente para processar microtransações. Isso porque, como proposta alternativa aos sistemas tradicionais de pagamento, as redes blockchain precisam ser capazes de acomodar um número exponencialmente crescente de usuários, transações e dados.

Em um ecossistema descentralizado as soluções de primeira camada aumentam a capacidade do próprio protocolo sem que os desenvolvedores precisem adicionar nada à arquitetura existente, como, por exemplo, nas redes do Bitcoin, Litecoin e Ethereum.

Já as soluções de segunda camada são uma integração de terceiros que pode ser utilizada em conjunto com a blockchain principal mas sem a necessidade de alterar seu protocolo. Nesse caso, ocorre a transferência de parte da carga transacional de um blockchain para uma arquitetura de sistema adjacente, para que, posteriormente, essas transações sejam reportadas à blockchain principal. Uma consequência positiva aos usuários é o processamento das transações a taxas mais baixas.

A Lightning Network é exemplo de solução de segunda camada criada para melhorar as velocidades de transação na rede Bitcoin e baratear seus custos operacionais.

Atualmente, alguns projetos possuem soluções de primeira e segunda camada em uma mesma blockchain, como é o caso da rede  Algorand.

Dica da Akeloo: Muitas vezes o cálculo e apuração dos resultados para o Imposto de Renda sobre criptomoedas pode se tornar uma tarefa complexa e trabalhosa. Para ajudar nesse processo, a Akeloo oferece uma Calculadora de Imposto de Renda sobre operações de criptomoedas , que calcula de forma automatizada todos os valores que precisam ser preenchidos na declaração anual, além de calcular e gerar os DARF’s que precisam ser pagos. Clique aqui e saiba mais.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.