Fantom é uma plataforma blockchain de execução de aplicativos descentralizados (dApps) através de contratos inteligentes (smart contracts), que visa resolver o desafio da escalabilidade de outras blockchains, em especial da rede Ethereum, com velocidade e segurança.

O projeto é desenvolvido pela Fantom Foundation e teve o lançamento de sua rede de testes (testnet) em 2018. O lançamento da rede principal ocorreu em dezembro de 2019 com a emissão de 3,175 bilhões de unidades do seu token nativo – FTM.

A construção da rede Fantom gira em torno de quatro princípios básicos:

– Modularidade: a arquitetura do protocolo é altamente personalizável possibilitando, por exemplo, que dApps da rede Ethereum sejam portados para a rede principal Fantom;

– Escalabilidade: os aplicativos construídos no fantom são independentes, o que faz com que o desempenho e estabilidade de cada um deles não são afetados pelo tráfego geral da rede;

– Código Aberto: qualquer pessoa pode executar um nó (node) e personalizar o código subjacente do protocolo Fantom, que é compartilhado no Github;

– Segurança: O Fantom é protegido pelo mecanismo de consenso Lachesis, uma variação do Proof of Stake – PoS (Prova de Participação), que a equipe do projeto diz ser mais rápido, mais seguro e mais escalável do que os outros sistemas de consenso.

A Fantom se tornou uma rede popular devido ao seu foco na escalabilidade mas sem perder em segurança e descentralização – o conhecido “trilema do blockchain” – onde o foco em duas dessas características gera o comprometimento da outra.

Outro atrativo da rede é seu token FTM que pode ser usado pelos seus detentores em staking para gerar renda passiva e dar poder de voto nas decisões de governança. Além disso, podem ser usados como meio de pagamento e para cobrir as taxas de transação da rede.

Muitos projetos de Finanças Descentralizadas (DeFi) já bem consolidados rodam na rede Fantom. Dentre eles destacam-se o agregador de exchanges descentralizadas (DEX) 1Inch, a DEX SushiSwap, o NFT Market BitGem, e ainda o Travala – um serviço de reserva de viagens que aceita criptomoedas.

Dica da Akeloo: Muitas vezes o cálculo e apuração dos resultados para o Imposto de Renda sobre criptomoedas pode se tornar uma tarefa complexa e trabalhosa. Para ajudar nesse processo, a Akeloo oferece uma Calculadora de Imposto de Renda sobre operações de criptomoedas , que calcula de forma automatizada todos os valores que precisam ser preenchidos na declaração anual, além de calcular e gerar os DARF’s que precisam ser pagos. Clique aqui e saiba mais.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.