Cold wallets, “carteiras frias”, em tradução livre, são carteiras de criptomoedas que não estão conectadas à Internet ou a qualquer outra rede quando não estão em uso. Isso é feito para fornecer uma camada adicional de segurança sobre a oferecida pelas hot wallets (carteiras quentes). Estas, mais difundidas, são carteiras de software armazenadas no computador local de um usuário ou acessadas de servidores de um provedor de serviços por meio de uma interface de site.
As carteiras frias são empregadas como uma maneira acessível e relativamente simples de isolar seus fundos de criptomoedas contra ameaça de hacks, phishing e outros vetores de ataque que podem levar à perda permanente de moedas.

Elas são muito procuradas por empresas custodiantes dos fundos de seus clientes, como por exemplo, corretoras de criptomoedas. Ao armazenar as moedas que pertencem a milhares de usuários de maneira centralizada, essas empresas se tornam alvos altamente atraentes para hackers. Assim, separar fisicamente a maioria das reservas da Internet é uma maneira confiável de se proteger contra esses ataques. As carteiras frias vêm em muitas formas diferentes, sendo as duas mais populares as carteiras de papel e as de hardware.

Uma carteira de papel (paper wallet) é um pedaço de papel com a impressão de seu endereço público e sua chave privada. O endereço público é usado para receber criptomoedas e a chave privada para acessar os fundos armazenados e transacioná-los. Geralmente, elas vêm com QRcode que podem ser digitalizados com um smartphone para facilitar seu uso.
Uma carteira de hardware é um dispositivo eletrônico que deve ser conectado fisicamente a um computador para que possa ser acessado. Estes podem variar de invenções caseiras amadoras, dispositivos comercialmente disponíveis (geralmente no formato de um pendrive ou unidade USB) a soluções proprietárias projetadas por engenheiros profissionais e sob encomenda.

Outros tipos de carteira fria menos populares incluem cartões inteligentes e até carteiras de som, que armazenam chaves privadas na forma de áudio em CDs ou discos de vinil.

Dica da Akeloo: Muitas vezes o cálculo e apuração dos resultados para o Imposto de Renda sobre criptomoedas pode se tornar uma tarefa complexa e trabalhosa. Para ajudar nesse processo, a Akeloo oferece uma Calculadora de Imposto de Renda sobre operações de criptomoedas , que calcula de forma automatizada todos os valores que precisam ser preenchidos na declaração anual, além de calcular e gerar os DARF’s que precisam ser pagos. Clique aqui e saiba mais.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.