Logo Akeloo Nelógica
CALCULADORA DE IR
Início » Renda Variável » O que é fundo exclusivo e o que o diferencia dos demais

O que é fundo exclusivo e o que o diferencia dos demais

Entenda como o fundo exclusivo opera e descubra se esse tipo de investimento corresponde com o seu perfil de investidor

Por Equipe Akeloo

Publicado em: 29/11/2021 às 21h26

Compartilhe

O que é fundo exclusivo e o que o diferencia dos demais

Você já ouviu falar no fundo exclusivo? Esse é o nome dado para um tipo de fundo de investimento especialmente voltado para investidores profissionais, constituído para receber aplicações de um único cotista. 

Na prática, ele possui características semelhantes às de um fundo de investimento convencional, mas ele conta com vantagens ao ser um fundo fechado. 

Essas vantagens são bastante benéficas para determinados investidores, principalmente para aqueles que procuram maior segurança para operar dentro do mercado de investimentos. 

Para entender melhor o funcionamento desse fundo, preparamos este texto, no qual você encontrará uma explicação clara sobre o que é o fundo exclusivo, o que o diferencia dos demais fundos e muito mais:

  • O que é fundo exclusivo? 
  • Como ele funciona? 
  • Quais são os tipos de fundo exclusivo? 
  • O que diferencia um fundo exclusivo dos demais fundos?

O que é fundo exclusivo? 

Como o próprio nome já dá a entender, o fundo exclusivo é um fundo de investimento organizado para apenas um investidor. Ou seja, ele é destinado para um único cotista que pode gerenciá-lo individualmente, de forma privada. 

Sendo assim, seu funcionamento está sempre de acordo com os objetivos específicos do investidor que inicia esse tipo de investimento. 

As aplicações de recursos são administradas de acordo com as necessidades e expectativas do cotista, ou seja, todas as decisões que são tomadas estão associadas ao modo como esse indivíduo pensa. 

Por conta disso, o fundo exclusivo é considerado um investimento extremamente seguro, na medida em que o investidor fica menos exposto aos riscos comuns do mercado. 

Como ele funciona? 

Em linhas gerais, ele possui características semelhantes aos fundos convencionais

Isso acontece porque todos os tipos de fundo seguem as regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), instituições que regulam o mercado financeiro no Brasil. 

Como é comum em todos os tipos de fundos de investimento, o este fundo funciona como uma espécie de condomínio: apesar de haver um único cotista, ele também deve possuir administrador, gestora de recursos, custodiante e auditoria independentes.  

Para dar início a um fundo exclusivo, o cotista precisa ser um investidor profissional e qualificado, o que na prática significa que ele tem que ser uma pessoa física ou jurídica que possui mais de R$ 10 milhões em investimentos aplicados no mercado financeiro. 

Nesse cenário, o gestor do fundo pode aplicar capital de investimento em ativos como ações, renda fixa, multimercado, câmbio ou qualquer outro tipo de ativo que seja de interesse do cotista.

Quais são os tipos de fundo exclusivo? 

Existem dois tipos de fundos exclusivos disponíveis no mercado, o aberto e o fechado

Cada um deles possui características específicas que dizem respeito a seu funcionamento e a forma como os ativos são aplicados no mercado de investimento. Abaixo, você encontra as especificações que diferenciam cada um deles: 

Fundo exclusivo aberto 

O fundo exclusivo aberto leva esse nome porque nele é permitida a livre movimentação de capital, ou seja, o dinheiro pode entrar e sair da forma como o cotista bem entender. 

Nesse tipo de fundo, incide o imposto come-cotas, que consiste numa técnica de tributação da renda na fonte dos cotistas de fundos de investimento abertos cujas carteiras de títulos sejam de curto prazo ou de longo prazo. Por outro lado, o Imposto de Renda não incide sobre as movimentações internas desse tipo de fundo.

O prazo de vigência do fundo exclusivo aberto é indeterminado e não é permitida a transferência de cotas. 

Fundo exclusivo fechado 

O fundo exclusivo fechado leva esse nome porque nele a movimentação de capital é limitada a dois aportes e resgates por ano. Sendo assim, o valor total investido só pode ser resgatado após o término do fundo. 

Diferente do aberto, no fechado não há incidência do imposto come-cotas

Apesar dele possuir prazo de encerramento, a data final do investimento pode ser prorrogada. Além disso, a transferência de cotas pode ocorrer através de um termo de cessão. 

Assim como no fundo exclusivo aberto, no interno também não há Imposto de Renda não incide sobre as movimentações internas.

O que diferencia um fundo exclusivo dos demais fundos? 

O que diferencia o fundo exclusivo dos demais fundos de investimento convencionais são as vantagens que ele oferece para os investidores e cotistas. 

Ao dar início a um fundo exclusivo, é criado um CNPJ exclusivo para o fundo, mesmo que o investidor ou cotista seja uma pessoa física.

Por conta disso, o capital investido tem a tributação simplificada e o investidor deixa de pagar impostos por movimentações internas e passa a pagá-las somente quando é feito o resgate.

Nos demais fundos, o investidor paga impostos por movimentações internas, além de pagar mais tributos quando é feito o resgate do investimento. 

Outra grande vantagem é uma espécie de blindagem patrimonial que o fundo exclusivo possui. 

Como o patrimônio investido é desvinculado da pessoa física do investidor ou do cotista, caso haja algum problema financeiro ou legal com ele, o capital não é afetado porque não está associado ao seu CPF. 

Nos fundos convencionais, o seu patrimônio investido está associado a você e, caso você tenha algum problema financeiro ou legal, ele corre o risco de ser confiscado pela justiça. 

Um outro diferencial bastante celebrado pelos investidores e cotistas é a possibilidade de personalizar seu fundo de investimento, o que promove maior comodidade na hora de controlar os ativos. 

Os relatórios recebidos são totalmente personalizados de modo que o investidor consegue alinhar o desempenho do fundo aos seus interesses e objetivos.

Além disso tudo, no fundo exclusivo, é possível fazer a doação das cotas do fundo, mantendo o usufruto, facilitando a transição dos valores. Afinal, evita-se imbróglios longos que costumam acontecer na transmissão de valores na sucessão e os valores continuam rentabilizando ininterruptamente durante o processo de inventário.

Vale lembrar que todos esses benefícios e diferenciais não são de graça. Os custos envolvidos na estruturação e manutenção de um desse tipo de fundo é alto. 

Dessa maneira, só vale a pena criar um fundo desse tipo caso o capital a ser investido esteja acima dos R$ 10 milhões mínimos exigidos.  

Conclusão 

Se você chegou até aqui, provavelmente já está bastante claro que o fundo exclusivo não é um tipo de investimento para qualquer um no mercado de investimento. Para fazer uso desse tipo de investimento é necessário ter uma boa quantia de dinheiro investido

O fundo exclusivo é um tipo de fundo diferente dos fundos convencionais porque é constituído por apenas uma pessoa. Esse indivíduo passa a ser chamado de cotista e opera como uma pessoa jurídica. Por conta disso, ele tem uma série de vantagens

Nesses fundos, a gestão dos investimentos em geral é feita por profissionais capacitados e qualificados acompanhados por uma equipe igualmente qualificada. 

Além de tudo isso, ele é personalizado e as operações que acontecem dentro dele são totalmente alinhadas com os objetivos do investidor ou cotista. Dessa forma, trata-se de um tipo de investimento bastante seguro e quase livre de riscos.

Agora que você já sabe o que é o fundo exclusivo e o que o diferencia dos demais fundos, que tal aprofundar seus conhecimentos?  Neste texto você encontra um passo a passo completo sobre como declarar o Imposto de Renda sobre FII’s

Para aprender mais sobre o universo dos investimentos, não deixe de conferir o nosso Instagram e ver tudo que a Akeloo tem para te oferecer!

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.

Compartilhe