Calculadora de IR em Bolsa
CALCULADORA DE IR
Início » Rascunho » LPA: descubra o que é o lucro por ação e como calculá-lo

LPA: descubra o que é o lucro por ação e como calculá-lo

Entenda o que é o LPA (lucro por ação) um dos principais índices que os investidores observam antes de adquirir novos ativos na bolsa de valores.

Por Equipe Akeloo

Publicado em: 7/10/2021 às 19h03

Compartilhe

LPA: descubra o que é o lucro por ação e como calculá-lo

Se você investe no mercado de ações, certamente já ouviu falar do LPA, sigla para Lucro por Ações. Esse é um dos principais índices que os investidores devem prestar atenção antes de adquirir novos ativos na bolsa de valores. 

Ele indica a parcela de lucro líquido que cada título de uma determinada empresa representa. Dessa forma, é possível saber quais títulos podem gerar maior rentabilidade para a sua carteira de investimento. 

Para saber qual é o LPA dos títulos que você deseja adquirir, é necessário fazer um cálculo que leva em conta o lucro das empresas e a quantidade de ações que a companhia possui em circulação. 

Para investir no mercado de ações, não é obrigatório saber o resultado dessa equação. Na verdade, o LPA é uma ferramenta que pode ser utilizada para otimizar os seus ganhos e fazer com que você tenha mais segurança na hora de investir na bolsa de valores. 

Ficou curioso para saber mais sobre o índice? Neste texto você encontrará os conceitos que formam o Lucro por Ações, a maneira certa de calculá-lo e muito mais:  

  • O que é LPA? 
  • Para que serve o LPA? 
  • Como calcular o LPA? 
  • Como analisar o LPA? 

O que é LPA? 

O LPA é o índice Lucro por Ação que, como o próprio nome sugere, mostra o quanto as ações de uma determinada empresa podem gerar de lucro para os investidores.  

Esse índice é calculado pela divisão do lucro líquido total da empresa pelo número de ações que ela comercializou durante um período. 

Isso está associado ao próprio funcionamento da bolsa de valores. As organizações estão sempre em busca de crescimento e, quando atingem determinado tamanho no mercado, precisam ir atrás de recursos financeiros para continuarem crescendo. 

A partir desse ponto, elas passam a comercializar ações na bolsa de valores. Ao adquirirem esses títulos, os investidores estão, de certa forma, emprestando dinheiro para as empresas. 

Em troca desse financiamento, aqueles que compraram ações recebem parte do lucro líquido obtido pela empresa. Sendo assim, a cada período operacional, as organizações apuram o lucro gerado. Com essa apuração, é possível encontrar o LPA.

Para que serve o LPA? 

O LPA serve para mostrar a situação da empresa no mercado de investimento. O índice aponta como as ações geram lucro para os investidores. Ou seja, é um dado que mostra o quanto determinada ação pagou em juros aos acionistas em determinado período. 

Com ele, o investidor pode avaliar qual é a melhor ação para adquirir e também qual é o melhor momento para fazer essa compra. Trata-se de um índice que serve como base para justificar o investimento em determinada empresa e, assim, atuar com mais segurança no mercado de valores. 

O investidor inteligente faz uma pesquisa detalhada da empresa que ele quer adquirir ações. Portanto, não basta só olhar o Lucro por Ação de um determinado período. O ideal é analisar o lucro gerado em um espaço de tempo maior. 

Uma dica preciosa é investigar o histórico de LPA da empresa e analisá-lo com calma para notar os padrões de flutuação do pagamento por ação que a organização gera. 

Vale lembrar que adquirir ações é um investimento de alto risco. Isso significa que não dá para ter 100% de certeza de que adquiri-las será rentável para o investidor. Por isso, reúna a maior quantidade de informações possíveis para fazer as escolhas certas. 

O LPA pode ser seu grande aliado na hora de tomar decisões.

Como calcular o LPA?

Em geral, as empresas divulgam o LPA, até mesmo como forma de atrair investidores para comprar suas ações. No entanto, é importante que você saiba como eles são calculados para ter autonomia diante desses dados e, quem sabe, até mesmo confirmá-los. 

A partir do momento que você está com os dados em mãos, a conta é bastante simples e pode ser feita por meio da seguinte equação: 

LPA = Lucro líquido ÷ n° de ações em circulação

Por exemplo, uma empresa obteve um lucro líquido de R$ 100 mil. No período em que atingiu esse valor, ela emitiu 20 mil títulos de ação. A conta ficaria assim: 

LPA = 100 ÷ 20

ou

LPA = 5

Portanto, o Lucro por Ação que essa empresa gerou foi de R$ 5.

Caso você queira saber o índice de uma empresa que não divulgou seu LPA, ou até mesmo calcular o LPA de períodos anteriores para fins de comparação, procure os vários dados e relatórios contábeis que uma empresa precisa tornar públicos. 

Entre eles está o DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício), que reúne todas as receitas da empresa em determinado período. Desse valor, retire as despesas e impostos, obtendo assim o lucro líquido da organização. 

Para saber qual foi o número de ações em circulação, verifique o balanço patrimonial da empresa no mesmo período do DRE consultado. Assim você conseguirá acessar o número total de comercialização de títulos durante o intervalo de tempo desejado. 

Como analisar o LPA?

O grande segredo para analisar a LPA da forma correta é não se deter ao dado de um período apenas. É importante que você procure o histórico de pagamentos da empresa da qual você pretende adquirir ações. Assim você terá uma avaliação mais profunda dos resultados e pagamentos realizados por ela. 

O LPA é um indicador temporário do pagamento por ação para determinada empresa. Ele pode ter sido diferente no mês anterior e também pode mudar no mês seguinte. Vale a pena você tentar identificar padrões nas altas e baixas do mercado

É possível comparar a LPA de diferentes empresas? Sim. Mas considere empresas semelhantes, que atuem no mesmo segmento e tenham o mesmo porte. 

Aproveite também o acesso ao índice para analisar com mais profundidade as informações que chegam até os investidores. Muitas vezes o aumento do lucro de uma empresa também gera um aumento da quantidade de ações emitidas. Nesse caso, o Lucro por Ação tende a se manter, por mais que pareça um cenário atraente para os investidores.

Conclusão 

O LPA é uma ferramenta muito importante para quem deseja investir no mercado de ações. Esse índice, cuja sigla significa Lucro por Ação, pode ser um grande aliado na hora decidir de qual empresa você irá adquirir títulos financeiros. 

Saber calculá-lo também pode ser o trunfo da sua carteira de investimento. O LPA é o lucro líquido da empresa dividido pelo número de ações disponíveis no mercado. O resultado dessa equação vai te mostrar um número aproximado do retorno que cada ação de determinada empresa pode gerar para você. 

Antes de utilizá-lo, tenha em mente que o LPA não deve ser analisado de forma isolada. Quando associado com outros indicadores, ele se torna ainda mais poderoso na hora de avaliar uma empresa.

Agora que você já sabe o LPA, que tal aprofundar seu conhecimento do assunto por meio do ebook “Análise Fundamentalista – analisando ações através de modelo de qualificação econômico-financeiro”? Com ele você irá entender quais são os principais indicadores a serem analisados nas empresas listadas na B3 e como calculá-los. 

Para aprender mais sobre o universo dos investimentos, não deixe de conferir o nosso Instagram e ver tudo que a Akeloo tem para te oferecer!

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.

Compartilhe