Calculadora de IR em Bolsa
TESTE GRÁTIS
Início » Criptomoedas » O que são Fan Tokens e como negociar esses ativos

O que são Fan Tokens e como negociar esses ativos

Conheça os fan tokens e saiba como os fãs de esporte podem exercer influência sobre as decisões de um time

Por Equipe Akeloo

Publicado em: 6/09/2021 às 13h49

Compartilhe

O que são Fan Tokens e como negociar esses ativos

O fan token é um tipo de criptoativo que permite que os torcedores de um time possam participar mais ativamente de decisões importantes do seu clube do coração

Se você está se perguntando como isso é possível, continue a leitura que explicamos tudo para você neste texto. 

Dá uma olhada no que vem por aí: 

  • O que são fan tokens? 
  • Onde comprar? 
  • Como negociar e armazenar os fan tokens? 
  • Qual a finalidade dos fan tokens? 
  • O fan token é uma criptomoeda? 
  • É seguro investir nesses ativos?

O que são fan tokens? 

Os fan tokens são uma forma de conectar o futebol, uma das maiores paixões do Brasil e do mundo, aos torcedores, de forma simples e efetiva. O objetivo é gerar engajamento, movimentando e ativando uma base de fãs através de um criptoativo que, além de tudo, gera renda para custear contratações e melhorias no time. 

Contudo, para que você consiga entender realmente o que são os fan tokens, é importante conhecer a fundo o que é um token e, mais que isso, entender o que é e para que serve um utility token. 

O que são utility tokens? 

Esse é o nome dado a um tipo de moeda digital cuja finalidade não é o investimento financeiro digital, mas sim o acesso a um serviço ou produto

Esses ativos operam de maneira descentralizada e são emitidos por um emissor próprio. Sendo assim, eles não estão inseridos no sistema de mineração computacional utilizado pelas moedas digitais comuns como o Bitcoin. Por isso, seu valor é definido pela lei de oferta e procura.

Como o fan token é um tipo de utility token, isso significa que ele é um ativo financeiro que possui uma utilidade no mundo real. 

Para que serve um fan token?

A utilidade que o fan token possui é ligada ao mundo dos esportes, em especial futebol, lutas, Fórmula 1 e basquete, mas esse ativo vem ganhando tanta projeção e está sendo tão bem aceito pela comunidade que a tendência é que se expanda para outros universos esportivos em breve. 

Para que você entenda através de um exemplo, é como se os fan tokens funcionassem como o que hoje conhecemos como a assinatura de sócio torcedor do seu time favorito

Através do vínculo que o torcedor cria com o time, é possível participar de decisões internas, ganhar prêmios e descontos, ter acesso exclusivo a conteúdos diferenciados, benefícios e o que mais a criatividade mandar, como escolher os uniformes para um determinado jogo ou até conhecer pessoalmente os jogadores. 

Os fan tokens permitem que o investidor e fã tenha acesso a uma experiência diferenciada com seu time favorito. Isso faz muito sentido, já que o esporte, em especial o futebol, é uma modalidade esportiva que tem um apelo emocional enorme, o que acaba incentivando, e muito, o engajamento. 

Os fan tokens permitem que o torcedor consiga mais participação e que esse interesse seja revertido em uma verba extra para o clube, beneficiando suas estratégias financeiras. Ou seja, é vantajoso para ambas as partes. 

Como negociar os fan tokens? 

Os fan tokens são criptoativos que utilizam a tecnologia ERC 20, da rede Ethereum, por ser uma blockchain segura e que permite que qualquer pessoa crie e programe seu próprio token a partir dos parâmetros de segurança da plataforma. 

Tudo sobre LCI e LCA

Para comprar fan tokens é preciso encontrar uma exchange (empresas que permitem transações com moedas digitais) que negocie esse tipo de ativo, como o Mercado Bitcoin. 

Após criar uma conta, o investidor deve transferir um saldo para a plataforma para então comprar o fan token do time que desejar. Times internacionais, como o PSG e o Barcelona, e nacionais, como o Atlético Mineiro, são algumas das opções disponíveis para esse tipo de compra. 

Onde armazenar os meus fan tokens? 

Para que o investidor tenha poder de escolha nas decisões do clube e acesso a todos os benefícios oferecidos pelo time, é necessário que esses fan tokens sejam enviados para a Socios.com, a plataforma pioneira no mercado de fan tokens. 

Os fan tokens também podem ser armazenados na carteira de preferência do investidor ou até ser mantida na plataforma de exchange, mas é importante ter ciência de que, fora do Socios.com, o fã torcedor não consegue exercer sua influência nas decisões do time e nem ter acesso aos demais benefícios oferecidos. 

O fan token é uma criptomoeda? 

De certa forma, sim, pois a tecnologia usada para desenhar os fan tokens é da rede Ethereum e são oficialmente chamadas de Chiliz (CHZ).

Contudo, os fan tokens, por serem um tipo de utility tokens, são ativos que têm como característica básica a ausência de uma promessa de valorização ou de manutenção de seu valor com base em um mercado financeiro. 

Um fan token pode, sim, se valorizar financeiramente ao longo do tempo, mas isso não é uma garantia e nem uma promessa do emissor, já que o objetivo principal é permitir que o torcedor tenha uma parcela de influência nas decisões da equipe, e não gerar lucros, por exemplo. 

Portanto, a valorização de um fan token não necessariamente depende do desempenho financeiro ou técnico do clube, e sim do interesse das pessoas em se vincular e se engajar com ele. 

Quem determina o valor do fan token de um time? 

O próprio time é quem define o preço e a quantidade de tokens que serão negociados a cada leva que é disponibilizada

No Brasil, o primeiro clube a se inserir no mercado das criptomoedas no esporte foi o Atlético-MG, que levou apenas 8 minutos (um recorde da plataforma!) para vender cerca de 800 mil tokens $GALO, a um preço inicial de US$ 2, o que resultou ao clube um montante de R$ 4 milhões, aproximadamente.

É bastante, não é? E olha que esse valor é apenas metade do montante total, já que a arrecadação é igualmente dividida entre o clube e a plataforma Socios.com. 

É seguro investir nesses ativos?

Apesar de não estarem diretamente ligados ao mercado financeiro, o que, teoricamente, poderia garantir uma certa estabilidade, os fan tokens não deixam de ser um criptoativo. Essa classe de ativos é extremamente volátil e os preços variam muito diariamente. 

Para além disso, é muito importante que o investidor tenha em mente a questão da diversificação de investimentos, pois essa é a estratégia mais segura para evitar grandes desvalorizações no patrimônio. 

Confira mais dicas para investir com segurança em criptoativos.

Conclusão 

Neste texto você descobriu o que é e para que serve um fan token e como ele pode tornar o torcedor uma parte importante das decisões dos maiores clubes de futebol do Brasil e do mundo e também em outras equipes esportivas, como o basquete e a Fórmula 1. 

Como os fan tokens são um tipo de utility tokens, é fundamental que você entenda a fundo os utility tokens. Saiba mais sobre esse tipo de investimento aqui e não deixe de seguir a Akeloo no Instagram para estar sempre por dentro das melhores dicas sobre investimentos em criptomoedas do mercado! 

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.

Compartilhe