Logo Akeloo Nelógica
CALCULADORA DE IR
Início » Imposto de Renda » DARF sem código de barras: como pagar? 

DARF sem código de barras: como pagar? 

Aprenda a realizar o pagamento do DARF sem código de barras e confira um passo a passo detalhado do processo

Por Helena Tonelli

Publicado em: 20/01/2022 às 20h06

Compartilhe

DARF sem código de barras: como pagar? 

Próximo a data limite de arrecadação dos tributos de operações financeiras, muitos contribuintes se deparam com o DARF sem código de barras e não sabem o que fazer para pagar o documento. 

Essa é uma dúvida bastante comum, ainda mais para quem está acostumado com os boletos usados no dia a dia. Apesar de não possuir código de barras, o DARF pode ser pago em instituições financeiras comuns e até mesmo por meio de canais digitais

No entanto, a forma de pagamento é diferente dos boletos do dia a dia e possui algumas características específicas que os contribuintes devem prestar atenção. 

Não sabe quais são? Não se preocupe, neste texto você encontrará as principais informações sobre como pagar o DARF sem código de barras e muito mais:

  • O que é DARF? 
  • Como fazer o pagamento de DARF sem código de barras? 
  • Como pagar o DARF sem código de barras pelo internet banking?
  • É possível gerar um código de barras para o DARF? 

O que é DARF? 

O DARF é o Documento de Arrecadação de Receitas Federais. Trata-se de uma guia de arrecadação de impostos, contribuições e taxas que estão embutidas nas operações financeiras. 

Esse documento é um dos principais instrumentos de recolhimento de tributos da Receita Federal e seu uso é obrigatório para o funcionamento legal de empresas e para que pessoas físicas não tenham pendências com o Estado. 

No DARF são pagos tributos como o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF); Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ); Programa de Integração Social; Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS); Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL); Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros), entre outras cobranças. 

Para ter acesso ao DARF, é necessário calculá-lo e, posteriormente, emiti-lo. O cálculo deve ser feito de forma correta para não causar prejuízo para os contribuintes. A Akeloo oferece esse tipo de serviço, saiba mais

Como fazer o pagamento de DARF sem código de barras? 

Ainda que seja bastante semelhante a um boleto comum, o DARF não possui um código de barras, o que confunde muitos dos contribuintes e fazem com que eles questionem como deve ser feito o pagamento do documento de maneira correta. 

O código de barras foi criado para otimizar as operações financeiras. Ele é uma representação gráfica de dados numéricos ou alfanuméricos que identificam um produto ou um documento. 

A partir dessa representação, é possível realizar a leitura que identifica todas as informações contidas no boleto ou no documento para que o pagamento seja efetuado. 

Como o DARF não possui esse recurso, existem duas maneiras dos contribuintes pagarem o que devem para a Receita Federal. 

Uma delas requer que ele insira todos os dados do documento manualmente. Isso em geral é realizado por meio do internet banking. A segunda deve ser realizada pessoalmente em uma agência bancária.

Como pagar o DARF sem código de barras pelo internet banking? 

Para pagar o DARF por meio do internet banking, o contribuinte precisa ter em mãos o documento. Vale lembrar que não é necessário ser a versão impressa dele. Basta a versão online. 

A partir daí, siga os seguintes passos

  1. Acesse o internet banking; 
  2. Escolha a opção “Pagamentos”;
  3. Seleciona a opção “Impostos e Taxas/Impostos e Tributos”; 
  4. Selecione “DARF”; 
  5. Por fim, preencha os dados solicitados. 

As informações solicitadas são: 

  • Nome e CPF/CNPJ do contribuinte; 
  • Período de apuração do rendimento tributável em questão; 
  • Código da Receita Federal; 
  • Data de vencimento do documento; 
  • Valor do imposto devido.

Essas informações estão todas disponíveis no DARF emitido que o contribuinte tem em mãos. 

Depois de preencher todas as informações solicitadas, basta dar continuidade ao recolhimento como em qualquer outro pagamento comum. 

O processo de pagamento pela plataforma online pode variar conforme o banco, mas em geral é bastante intuitiva, principalmente entre aqueles que já estão acostumados a utilizar esse tipo de serviço.

É possível gerar um código de barras para o DARF? 

Sim, é possível gerar um código de barras para o DARF! 

Isso pode ser feito por meio do programa Sistema de Cálculo de Acréscimos Legais (Sicalc), que foi desenvolvido para auxiliar o contribuinte na emissão do DARF para pagamentos de tributos federais administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil. 

Através dele, são calculados os acréscimos legais de tributos federais baseados nas informações lançadas pelo usuário na aplicação. 

Por conta disso, o Sicalc é atualizado mensalmente pela taxa Selic no primeiro dia útil do mês. Assim, o usuário pode imprimir o DARF para a realização do pagamento deste tributo na rede arrecadadora. 

Além disso, ele faz a impressão do DARF com as informações dos valores atualizados e o contribuinte também pode acessar o relatório com os dados dos tributos e seus valores. 

Como utilizar o Sicalc da forma correta?

Assim como o internet banking, o Sicalc é uma plataforma bastante intuitiva. 

Para utilizá-la, é necessário que o contribuinte tenha algumas informações em mãos e siga os seguintes passos

  1. Faça o download do programa Sicalc Auto Atendimento ou acesse o Sicalc Web
  2. Instale e abra o programa no computador; 
  3. Selecione o município em que você está; 
  4. Preencha os campos que dizem respeito ao código da Receita Federal, a data e o valor do imposto do DARF; 
  5. Clique em “Calcular”; 
  6. Insira o nome e o CPF do contribuinte; 
  7. Imprima; 

É importante ressaltar que o código de barras só será gerado se o documento ainda estiver dentro do prazo do pagamento.

Caso ele esteja fora do prazo, será necessário atualizá-lo e fazer uma nova emissão, que virá com o novo valor a ser pago

Conclusão

Realizar o pagamento do DARF de forma correta é imprescindível para que os contribuintes não caiam na malha fina da Receita Federal. O Documento de Arrecadação de Receitas Federais é uma guia responsável pelo recolhimento de tributos de uso obrigatório para o funcionamento legal de empresas e para que pessoas físicas não tenham pendências com o Estado. 

Quem não está acostumado a usá-lo, pode se surpreender ao descobrir que o DARF não possui código de barras. Isso significa que ele não deve ser pago como um boleto comum. Na verdade, seu processo de pagamento possui algumas especificidades que a tornam bastante particular. 

Por não ter o código de barras, o pagamento do DARF pode ser feito de duas maneiras: por meio do internet banking e em agências bancárias. Se você optar pelo internet banking, saiba que há uma série de dados que devem ser inseridos para que o pagamento seja feito da forma correta. 

Também existe a possibilidade de gerar um código de barras para o DARF. Isso é feito por meio do programa Sistema de Cálculo de Acréscimos Legais (Sicalc), que foi desenvolvido para auxiliar o contribuinte na emissão do DARF para pagamentos de tributos federais. 

Independente do método de pagamento que você escolher, tenha em mente que o DARF é um documento importante para que você continue operando financeiramente de forma legal e ativa. Portanto, não se esqueça de pegá-lo dentro do prazo estipulado. 

Agora que você já sabe como pagar o DARF sem código de barras, que tal conhecer um pouco mais dos serviços oferecidos pela Akeloo? Uma das nossas funções é te ajudar a gerar o DARF

Para aprender mais sobre o universo dos investimentos, não deixe de conferir o nosso Instagram e ver tudo que a Akeloo tem para te oferecer!

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.

Compartilhe