Calculadora de IR em Bolsa
CALCULADORA DE IR
Início » Renda Variável » Mini índice e minicontratos: o que são e como calcular os ganhos?

Mini índice e minicontratos: o que são e como calcular os ganhos?

A compra e venda de ações é um dos investimentos […]

Por Equipe Akeloo

Publicado em: 21/06/2021 às 14h24

Compartilhe

Mini índice e minicontratos: o que são e como calcular os ganhos?

A compra e venda de ações é um dos investimentos mais conhecidos. No entanto, existe uma outra maneira de investir na bolsa de valores: através dos minicontratos de Ibovespa, mais conhecidos como mini índice.

Disponíveis para pessoa física, por meio do home broker, os mini índices são contratos de compra e venda negociados no mercado futuro a um determinado preço, e têm como principal vantagem a alta liquidez. São ideais para quem tem pouco capital. 

Se você se interessou em saber mais sobre os minicontratos de Ibovespa, ou se é investidor e quer entender como calcular mini índice, continue lendo este artigo. Nós abordaremos o seguintes tópicos:

  • O que são mini índices
  • Tipos de minicontratos
  • Vantagens e riscos de investir em mini índice
  • Como operar mini índices
  • Como comprar mini índices
  • Como calcular mini índice: valor mínimo para operar
  • Como calcular os ganhos no mini índice
  • Imposto de renda sobre mini índices

O que são mini índices

Os mini índices, ou minicontratos de Ibovespa, são ativos criados para permitir que investidores com menos recursos operassem no mercado de contratos futuros (também chamados de derivativos). 

No entanto, antes de entender o que são os mini índices, vale a pena recapitular o que são os contratos futuros.

Contratos futuros (derivativos)

Os contratos futuros são acordos de compra e venda futura de ativos pelo preço que valem no mercado no momento da negociação. Como esta é uma operação de capital especulativo, que exige uma margem de garantia, ela é mais recomendada para investidores experientes.

Uma vez que a margem de garantia, que nada mais é do que um determinado valor que o investidor deve ter em carteira, é bastante alta, os minicontratos surgiram para facilitar a vida do pequeno investidor.

Assim, os minicontratos nada mais são do que frações dos contratos cheios, que possuem um valor menor e riscos mais baixos.

Micontrato Ibovespa

Agora que você viu como funcionam os derivativos e os minicontratos, fica mais fácil de entender o mini índice. Ele é o ativo que oscila em função do índice Bovespa — ou seja, o investidor pode comprar e vender uma estimativa do índice Bovespa em uma data futura previamente acertada, a determinado valor.

Como os mini índices representam apenas 20% de um contrato de índice cheio, há menos riscos e menores margens para operar. Vale ressaltar também que quem investe em mini índice fica obrigado a comprar ou vender esses ativos pelo preço que custam atualmente, independente da sua valorização ou desvalorização.

Índice Ibovespa

Para quem ainda não está familiarizado, o índice Ibovespa é o principal indicador do desempenho médio das cotações das ações negociadas na bolsa de valores. Nele estão 

reunidas as ações com maior volume negociado, que correspondem a cerca de 80% do mercado nacional.

Tipos de minicontratos

Além do mini índice, há outros exemplos de minicontratos. Veja alguns:

  • Mini dólar (WDO);
  • Minicontrato de S&P;
  • Minicontrato de Euro;
  • Minicontrato de Petróleo.

Vantagens e riscos de investir em mini índice

Dentre as principais vantagens de se investir em mini índices estão a alta liquidez e o baixo investimento mínimo: com R$20 já é possível começar a operar. No day trading, o valor da margem é de R$100 por contrato.

Além disso, esses contratos são boas ferramentas para se especular no mercado.

No entanto, como nós já adiantamos, os riscos do investimento são altos. Isso porque as mudanças acontecem de maneira constante. Sendo assim, é recomendado que o iniciante procure a consultoria de investidores mais experientes e, principalmente, que realize análises técnicas antes de começar a investir nesse tipo de ativo.

Como operar mini índices

Antes de explicarmos como operar mini índices, é importante entender as características técnicas desse ativo. 

Os mini índices são operados na bolsa pelo código WIN + (letra do mês de vencimento) + (ano). Este código é alterado sempre nos meses pares, com o último dia da negociação do código em vigor ocorrendo na quarta-feira mais próxima ao dia 15 de um mês par.

Confira os códigos correspondentes aos contratos de cada mês:

  • Fevereiro (G);
  • Abril (J);
  • Junho (M);
  • Agosto (Q);
  • Outubro (V);
  • Dezembro (Z).

Portanto, se estivermos no mês de junho de 2021, por exemplo, a sigla será WINQ21. Em agosto, ele muda para WINV21.

Agora vamos ver como funciona a operação de compra:

O lote mínimo para operar é de 1 contrato. Neste contrato, cada 10 pontos de oscilação no mercado é equivalente a um lucro ou um prejuízo de R$2. Cabe ressaltar que a variação mínima do contrato do mini índice é de 5 pontos.

Assim, cada ponto do Ibovespa resulta em R$0,20. 

Como calcular mini índice: valor mínimo para operar

Calcular a margem necessária para operar é simples. Basta multiplicar a pontuação atual do mini índice por R$0,20. Veja abaixo um exemplo:

Suponha que o WINQ21 esteja em 55000 pontos. Para operar com 1 contrato, basta multiplicar 55000 por R$0,20. Assim: 55000 x 0,20 = R$11.000 — este é o valor que você precisará dispor.

No day trade, bastaria apenas 15% deste valor (R$1.650), devido à alavancagem.

É recomendado que o investidor disponha de mais do que o valor exato, para não correr o risco de ser liquidado se a operação for desfavorável.

Como calcular os ganhos no mini índice 

Para calcular os ganhos com mini índice, você deve pegar a diferença de pontuação entre a entrada (venda) e saída (recompra) do ativo.

Por exemplo: digamos que o mini índice tenha sido vendido a 55000 e sua recompra a 54500. Portanto: 55000 – 54500 = 500 pontos de lucro. 

Agora, você deve multiplicar os pontos de lucro por 1 contrato (0,20). Assim: 500 x 0,20 = R$100. Ou seja, você teve R$100 de lucro em 1 contrato.

Se você operou em mais de um contrato, basta multiplicar o valor do lucro pelo número de contratos.

No entanto, serão subtraídos do valor do lucro líquido as taxas da corretora e da bolsa, além da alíquota do imposto de renda.

Imposto de renda sobre mini índice

Em operações normais, a alíquota de IR sobre mini índices é de 15%. Já em operações day trade, é de R$20. 

Além disso, também há uma pequena retenção na fonte sobre o resultado positivo da soma dos prêmios pagos e recebidos no mesmo dia. Em operações normais, há retenção de 0,005% e no day trade a alíquota é de 1% sobre o lucros.

Lembrando que o investidor é responsável por calcular e pagar o imposto de renda. Além do pagamento, também é obrigatório incluir seus investimentos na declaração anual do IR. Caso contrário, você deverá pagar multas acrescidas de juros e ainda poderá cair na malha fina da Receita Federal.

Conclusão

Agora que você entendeu o que é e como calcular mini índice, vale a pena ponderar se este é o melhor investimento para o seu perfil.

E para se manter em dia com os seus investimentos, não deixe de conhecer os planos da Akeloo, com funcionalidades pensadas especialmente para quem investe na bolsa — incluindo uma calculadora automática que rapidamente informa os valores de IR devidos e ainda permite que você gere as DARFs para pagamento com comodidade e segurança. 

É a melhor maneira de se manter em dia com os seus impostos sem complicações!

Receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail

Não se preocupe, não enviamos spam.

Compartilhe